Desporto

A luta será até ao fim

2019-11-11 07:35:10 (UTC+00:00)

O Moçambola está cada vez mais perto do fim, faltando duas jornadas por disputar, e as lutas pelo título e manutenção continuam renhidas. No topo Costa do Sol e União Desportiva de Songo, estão numa batalha mano a mano pelo canecão.

MAPUTO- Se a luta pelo título está reduzida a dois, o mesmo já não se pode dizer na batalha para não jogar nos "quarteirões" na próxima temporada, onde Têxtil de Púnguè e Baía de Pemba, já reservaram os seus lugares.

Os candidatos a conquista da prova venceram os seus jogos. Na deslocação ao difícil terreno do Clube do Chibuto que luta pela permanencia no Moçambola, o Costa do Sol voltou a mostrar força de uma verdadeira equipa que luta para conquistar o título que foge desde 2007.

Os canarinhos venceram por 0x1, somando a terceira vitória consecutiva fora de casa em igual número de jogos longe do seu ninho. O outro candidato ao título a União Desportiva do Songo venceu em casa o Desportivo de Nacala por 2x1.

No campo do Afrin na Machava, o Maxaquene recebeu e venceu na tarde deste domingo, o Ferroviário da Beira por 1-0, e mantém o sonho de conseguir a manutenção na maior prova futebolística do país.

Quando faltam duas jornadas para o fim do campeonato o Maxaquene anda com a calculadora a fazer as contas, e a olhar para os outros concorrentes na luta pela salvação porque depende de outros resultados.

O magro triunfo deste domingo, que surgiu quase ao apagar das luzes quando Danilo, fez balançar as redes de César Machava, permite baixar a pressão e fazer os adeptos acreditarem que a luta vai até ao fim.

Foi uma jornada em que os vizinhos sorriram, porque o Desportivo de Maputo venceu o Baía de Pemba por 0x1, passando a somar 39 pontos, ocupando a quinta posição na tabela classificativa, assegurando praticamente a manuntenção no Moçambola.

Com a derrota o Baía de Pemba, confirmou que na temporada 2020, vai disputar o campeonato nacional da segunda divisão zona norte. Quem também luta pela manutenção é o Incomáti de Xinavane que na tarde de ontem foi ao campo da Liga Desportiva de Maputo vencer por 0x3

Os açucareiros ocupam a décima posição na tabela classificativa, mas com menos um jogo diante da União Desportiva do Songo. Na capital do norte do país, o Ferroviário de Nampula venceu o seu homónimo de Maputo por 2x0, e saiu da zona das "turbulentas águas" da despromoção quando faltam duas jornadas para o fim do campeonato.

Na Bela Vista o Ferroviário de Nacala recebeu e derrotou o Textáfrica do Chimoio por 1x0. No caldeirão do Chiveve o despromovido Têxtil do Púnguè recebeu e empatou sem abertura de contagem 0x0 com o ENH de Vilankulo.

O Moçambola 2019 vai observar uma semana de interregno, para dar lugar aos jogos da selecção nacional de futebol, devendo retomar a 23 e 24 de Novembro para a disputa da 29ª jornada.