Desporto

"Acredito na medalha de ouro" Inãk Garcia

2015-07-12 06:22:41 (UTC+01:00)

O técnico espanhol Inãk Garcia, que em 2011, conseguiu a proeza de levar a selecção nacional de basquetebol sénior masculina, ao segundo lugar dos Jogos Africanos, assegura que o grupo irá dar o máximo para alcançar as metas traçadas.

MAPUTO- "O grupo dará o máximo para cumprir com as metas marcadas pela federação: igualar a medalha de prata nos Jogos Africanos e transitar os quartos-de-final no Afrobasket", comentou.

Para o treinador, é no Afrobasket que se esperam mais dificuldades. "Todas as selecções procuram reforçar-se. Moçambique estará num grupo forte e se passarmos voltamos a encontrar adversários fortes nos cruzamentos", comentou, acrescentando que numa prova desta dimensão não se podem esperar facilidades.

Já nos Jogos Africanos espera fazer melhor: "Muitas selecções não surgem com os seus melhores jogadores e podemos fazer melhor. Acredito na medalha de ouro", revelou.

No Afrobasket, a disputar-se na Tunísia de 20 a 30 de Agosto, estará enquadrado no Grupo B, juntamente com Angola, Senegal e Marrocos. [FM]