Desporto

Adeptos não acreditam na vitória dos Mambas

2015-11-11 12:21:43 (UTC+00:00)

Os adeptos da selecção nacional de futebol, os Mambas, não acreditam que o conjunto as ordens do croata Boris Pucic, possa levar de vencida a sua similar do Gabão no confronto desta noite.

MAPUTO- A falta de crença dos amantes do desporto rei, no conjunto de todos nós, tem a ver com a falta de qualidade no nosso futebol para ombrear com o Gabão que tem vindo a registar um crescimento assinalável no futebol, e conta nas suas fileiras com Aubameyang, um dos melhores jogadores africanos da actualidade, e um dos avançados mais temíveis do mundo que joga no Borussia Dortmund da Alemanha.

Os moçambicanos, não acreditam que o novo técnico possa mudar alguma coisa, na equipa porque parece que alguns jogadores quando chegam a selecção, suam a camisola como o fazem nos seus clubes, e alguns vão mais longe afirmando que existem apenas quatro jogadores que sabem jogar de verdade os outros só sabem chutar a bola.

Há os que sugerem que devíamos abdicar de participar nessas competições para não sermos humilhados, porque ainda não arrumamos a casa, e se por um milagre eliminarmos o Gabão será uma grande mentira para o futebol e para nós. Os mesmos afirmam que devíamos formar jogadores e da qui a dez anos podíamos regressar as competições internacionais, porque alguns que actuam na selecção não sabem travar uma bola, posicionam-se mal e os guarda-redes nem parece que tem treinadores.

"Não temos qualidade no nosso futebol, as nossas competições internas não são serias, há muita viciação de resultados. A nossa selecção não tem jogadores com qualidade suficiente para jogar olhos nos olhos com o Gabão, infelizmente vamos perder e se não levarmos uma goleada já será positivo", disse José, visivelmente triste com o estágio do nosso futebol.

A falta de eficácia ou de avançados com uma veia goleadora, também é apontada pelos adeptos como um dos calcanhares de Aquiles da seleção nacional, que afirmam que os nossos avançados são prezas fáceis para os defesas contrários.

"Não temos pontas de lança com qualidade, os que jogam aqui, não tem raiva de baliza, parecem meninas a dançar bale, não incomodam os defesas, parece que não sabem chutar a baliza. Não adianta circular a bola e não marcar, se queremos ganhar temos de marcar…esses avançados não são de nada", avançou Arnaldo.

As ausências de alguns jogadores que constituem uma mais-valia aos Mambas, tira sono de alguns adeptos, que afirmam que estão mais do que criadas as condições para Pierre-Emerick Aubameyang e companhia passarem sem problemas pela defesa do combinado nacional.

"O nosso sector defensivo é fraco, os nossos defesas são lentos, e com a ausência de Mexer, perdemos um verdadeiro patrão na defesa. Os que foram convocados, não transmitem muita confiança. A ausência do guarda-redes Ricardo também é uma grande baixa porque, ele tem uma certa experiência…", frisou um adepto dos Mambas.

O novo técnico dos Mambas coadjuvado por Dário Monteiro disse que quer uma equipa virada para o ataque, e não pretende deixar o Gabão marcar no Zimpeto, e acredita que será possível eliminar o conjunto treinado por Jorge Costa. Mas essa espectativa não reina no seio dos apoiantes dos Mambas que mesmo assim garantem que irão ao Zimpeto para puxar pela seleção nacional.

O jogo terá lugar no Estádio Nacional do Zimpeto a partir das 19 horas, e conta para a primeira mão da derradeira eliminatória de acesso a fase de grupos da zona africana de qualificação para o Mundial Rússia 2018.[FM]