Desporto

Benfica cumpriu a obrigação e venceu o Astana

2015-09-16 12:27:18 (UTC+01:00)

Não foi tão fácil como à primeira vista poderia pensar-se, mas o Benfica cumpriu a obrigação e venceu o Astana no primeiro jogo da edição 2015/16 da Liga dos Campeões.

A partida que marcou a estreia do técnico Rui Vitória na prova milionária, assim como de alguns jogadores, casos dos jovens Nélson Semedo e Gonçalo Guedes.

Na primeira parte as águias exibiram-se de forma muito pálida, com duas ocasiões de golo de Jonas a surgirem como oásis num futebol pouco inspirado, precipitado e sem dinâmica, com os bicampeões portugueses a revelarem dificuldades em encontrar os melhores caminhos para a baliza do Astana, primeira equipa do Cazaquistão a chegar à fase de grupos da Liga dos Campeões e que se apresentou na Luz de forma descomplexada, bem organizada e atrevida até, procurando jogar a campo inteiro.

No segundo tempo, quando se esperava uma entrada mais forte do Benfica, foi a equipa do Astana a quase gelar a Luz com uma bola ao poste da baliza de Júlio César. Pouco depois, numa jogada em que Gaitán mostrou todo o seu talento, o Benfica colocou-se em vantagem e desbloqueou a partida.

Se até aí o resultado era melhor do que a exibição, a partir de então os encarnados ganharam confiança, arrumaram as ideias, aproveitaram a quebra anímica do Astana e ficaram claramente por cima do jogo, fazendo o 2-0 e desperdiçando ocasiões para construir um resultado mais dilatado, também com uma ou outra ameaça do Astana pelo meio.

O Benfica sofreu mas venceu e conquistou os três pontos obrigatórios. O Astana, apesar da derrota, deixou imagem positiva. [FM]