Desporto

Chiquinho Conde e Raúl Cuna “ilibados”

2015-07-31 03:59:25 (UTC+01:00)

O Conselho de Disciplina da Liga Moçambicana de Futebol acaba de levantar a suspensão aplicada ao treinador do Maxaquene, Chiquinho Conde e ao massagista Raul Cunal, na sequência dos incidentes registados no jogo com o Ferroviário de Nacala.

MAPUTO- Na investigação levada a cabo pela LMF não foi provada, em sede do inquérito, a agressão contra o Senhor Amisse Abacar. E em obediência a máxima jurídica “em caso de dúvida beneficia-se o réu”, a Liga decidiu arquivar o respectivo processo.

É levantada igualmente a suspensão preventiva aplicada contra o massagista Raul Cuna por não ter sido provada, em sede do inquérito, a ameaça de aplicação de uma injecção letal contra o árbitro António Munguambe.

Chiquinho Conde foi condenado a pagar, uma multa de 4 mil meticais, por protestar e adoptar atitude incorrecta para com os elementos da equipa de arbitragem.

Quanto a Raul Cuna deve pagar igualmente 4 mil meticais, por interferir no jogo sem previa autorização do árbitro, protestar e adoptar atitude incorrecta para com os elementos da equipa de arbitragem.
[FM/AM]