Desporto

Cinco atletas paralímpicos representam moçambique no mundial

2015-10-21 08:19:21 (UTC+01:00)

Cinco atletas portadores de deficiência irão representar o país nos Campeonatos Mundiais de Atletismo do Comité Paralímpico Internacional (ITC) que terão lugar a partir de amanhã até 31 do mês em curso em Doha, capital do Qatar.

MAPUTO- Trata-se de Guildo Zacarias, na categoria de T-13, Hilário Chavela (T-12) e Emílio Chirindza (T-36), esta última especialidade para os atletas com deficiência físico-motora. Em femininos, as seleccionadas são Denise das Dívidas (T-13) e Edmilsa Governo (T-12).

A prova que vai servir também de apuramento para os Jogos Paralímpicos de Rio de Janeiro que terão lugar no próximo ano 2016.


Pita Rondão e Maria Muchavo, ambos na categoria de T-12, dois dos melhores atletas paralímpicos do país não irão participar desta competição por falta de visto de entrada no Qatar que lhes foi negado no acto da acreditação, por razões burocráticas, segundo

Para Bai-Bai o objectivo nesta competição é abrir vagas para os Jogos Paralímpicos do próximo ano que terão lugar no Rio de Janeiro logo após os Jogos Olímpicos. Moçambique sonha em levar sete atletas para o Rio e para o efeito, é necessário que os cinco corredores que vão à Doha consigam estar entre os dois primeiros lugares.

O presidente da Federação Moçambicana do Desporto para Pessoas Portadoras de Deficiência (FMDD) Jorge Bai-Bai, diz que vencedor e o segundo classificado de cada especialidade ou categoria vao ser apurados directamente.

A delegação moçambicana parte esta tarde rumo à Doha, com 12 elementos, sendo cinco atletas, dois treinadores, um massagista, um atleta-guia e três dirigentes entre os quais o presidente da FMDD e a presidente do Comité Paralímpico de Moçambique, Farida Gulamo.[RM]