Desporto

Dunga ameaça processar o senador Romário

2015-09-24 12:30:50 (UTC+01:00)

O seleccionador brasileiro, Dunga, não gostou de que a seriedade do seu trabalho na seleção canarinha fosse colocada em causa por Romário, que o acusou de não convocar os melhores por haver "interesses" por trás, e ameaça agora processar o senador.

"Romário não tem o direito de pôr em dúvida a honestidade e a credibilidade dos critérios que norteiam a escolha dos jogadores, principalmente quando afirma, sem qualquer elemento de prova que possa amparar tais afirmações, que os responsáveis pelas convocações atenderam a outros critérios que não o técnico", lê-se num comunicado de Dunga.

O treinador da selecção brasileira foi ainda mais longe, ao afirmar que Romário não é seu amigo.

"Repudio as declarações de quem se disse meu amigo, mas não o é. Amizade pressupõe respeito, lealdade e estrita confiança na integridade de quem dedicamos aquele sentimento. Por isso, o Senador Romário nunca esteve no meu rol de amigos e ele fica na obrigação, sobre o que disse, de apresentar factos", concluiu. [FM]