Desporto

Espalhar veneno em Libreville para não ficar sem competir

2015-11-13 14:08:25 (UTC+00:00)

A selecção nacional de futebol que partiu na manhã desta sexta-feira para Libreville depois de ter falhado a viagem ontem por problemas técnicos, defronta este sábado a sua similar do Gabão.

MAPUTO- A partida conta para a segunda mão da eliminatória de acesso a fase de grupos de qualificação para o Mundial de 2018. Na primeira mão realizada em Maputo o combinado nacional venceu por 1-0, golo apontado por Hélder Pelembe no decurso da segunda parte (55 minutos).

Os Mambas vão tentar vencer para não ficar fora das competições internacionais nos próximos dois (2) anos, já que para a qualificação para o CAN-Interno o sonho caiu aos pés da Zâmbia, e o CAN tradicional que será organizado pelo Gabão, esta muito complicado carimbar o passaporte porque em dois jogos, a selecção nacional soma igual número de derrotas.

Os Mambas terão de espalhar todo o seu veneno em Libreville, para não verem as outras seleções pela televisão a disputarem as competições mais importantes organizadas pela CAF e FIFA, nos próximos dois anos.

A vantagem conseguida em Maputo, não garante a qualificação, mas permite o conjunto nacional abordar o jogo de uma maneira diferente, e tentar aproveitar os espaços que o Gabão vai conceder, pois vai entrar a atacar para igualar a eliminatória e tentar passar para frente.

Um empate coloca os Mambas na fase de grupos da zona africana de qualificação para o Mundial, até com uma derrota o conjunto nacional pode carimbar o passaporte, desde que não seja um resultado desnivelado. [FM]