Desporto

Fisco espanhol investiga Fundação de Leonel Messi

2015-09-29 14:15:41 (UTC+01:00)

Os encontros solidários que a Fundação de Leonel Messi, gerida pelo seu pai, realizou na Colômbia, em 2012 e 2013, estão sob investigação do fisco espanhol por suspeita de fraude fiscal, avança o El Mundo.

Segundo a publicação, o jogador não declarou ao estado espanhol os benefícios obtidos na realização das partidas, conhecidas vulgarmente pelos "Amigos de Messi".

Javier Rodrigo de Francia, fiscal especializado em delitos económicos, já terá pedido ao magistrado Eduardo López-Palop para enviar as pesquisas para Barcelona, onde o jogador tem a sua residência fiscal.

Os jogos referidos estão sob investigação por uma pressuposta relação com organizações de tráfico de drogas.

O jornal espanhol dá conta que, segundo uma testemunha protegida, o quartel Los Valencia, um dos mais importantes do México, está por de trás da organização dos encontros e utilizou-os para branqueamento de dinheiro.

Recorde-se que o argentino foi também acusado, em 2013, de fraude fiscal no valor de 4,1 milhões de euros, relativamente a fugas de pagamento nos anos 2007, 2008 e 2009. [FM]