Desporto

Jogador da Liga Desportiva de Monapo denuncia ilegalidades

2015-09-29 12:47:21 (UTC+01:00)

Samuel Tique, jogador da Liga Desportiva de Monapo, afirmou em entrevista ao Jornal Confidencial, ter recebido ordens superiores para facilitar a vitória do adversário, de modo a que o próximo Moçambola incluísse uma equipa de Niassa.

MAPUTO- "Ouvi palavras relacionadas com dinheiro, mas nada que tenha a ver com os jogadores. Nós simplesmente recebemos ordens para facilitar a vitória do adversário. Não tínhamos escolha", explicou o jogador.

De recordar que o Ferroviário de Lichinga carimbou o passaporte para o Moçambola 2016, depois de golear a Liga Desportiva de Monapo por 17-0, na última jornada da poule de apuramento na zona norte.

Ainda em Niassa, houve outro jogo, no caso entre Ferroviário de Pemba e Liga Desportiva de Pemba, que também terminou com uma goleada suspeita, 11-0 a favor dos locomotivas. [FM]