Desporto

Jogador morre em campo um dia depois de ter admitido essa possibilidade

2019-04-26 08:51:06 (UTC+01:00)

Papy Faty, jogador do Malanti Chiefs, de Eswatini, morreu esta quinta-feira em campo vítima de uma paragem cardíaca, apenas um dia depois de ter dado uma entrevista a um jornal onde admitia essa possibilidade.

Segundo escreve o jornal português Record, Faty, de 28 anos, natural do Burundi, tinha sido avisado pelos médicos que tinha um problema cardíaco e que, portanto, deveria parar de jogar futebol.

De acordo com a fonte acima citada, o jogador foi entrevistado e confessou a existência do problema, bem como o aviso que recebeu.

Um dia depois, no jogo com o Green Mamba, caiu inanimado em pleno relvado e acabou mesmo por morrer.