Desporto

Kahn volta a apontar o dedo ao treinador do Bayern

2015-05-15 13:24:47 (UTC+01:00)

O antigo guarda-redes Oliver Kahn voltou a apontar o dedo ao treinador do Bayern Munique, na sequência da eliminação nas meias-finais da Liga dos Campeões, diante do Barcelona.

Kahn, que esteve a comentar o jogo da segunda mão para a estação televisiva ZDF, salientou que Pep Guardiola não encontrou a estratégia certa para poder dar a volta ao Barcelona (venceu a partida por 3-2, mas tinha perdido na primeira mão por 0-3).

Para o guarda-redes, a rotação na defesa é um dos problemas: "Boateng é o único que joga sempre bem, mas Guardiola prefere jogar uma vez com Benatia, outra com Badstuder e outra com Dante. É inútil".

Deixou ainda críticas quanto à utilização de Mario Goetze, que apenas foi lançado na partida aos 87 minutos, substituindo Thomas Muller:

"Guardiola humilha Goetze, ao dar-lhe minutos quando o jogo está a acabar. Não aproveita o seu talento. Além disso, colocou-o para tirar Muller. São dois jogadores-bandeira da Alemanha". [FM]