Desporto

Líder do Moçambola perde pontos em Nampula

2018-06-13 05:32:54 (UTC+01:00)

O Ferroviário de Maputo perdeu ontem, no Estádio 25 de Junho, diante do seu homónimo de Nampula, com dois golos ao cair do pano da autoria de Maurício e Adebayor.

MAPUTO - O desfecho permite a equipa de Antero Cambaco isolar-se à condição no segundo lugar, com 18 pontos, a cinco dos “locomotivas” de Maputo, que continuam isolados na liderança do campeonato.

Em Maputo, no Estádio Nacional do Zimpeto, o Maxaquene derrotou o Sporting de Nampula por 3-1, aliviando-se da pressão da manutenção. Os “tricolores” somam agora 16 pontos, enquanto o Sporting de Nampula permanece na cauda da classificação, com apenas sete.

Na capital provincial da Zambézia, o 1.ᵒ de Maio de Quelimane venceu o Incomáti por 1-0, resultado que atira os “açucareiros” para a zona de despromoção, com dez pontos, em troca com os “operários”, que passam a somar doze.

O regresso de Sérgio Faife ao comando do Ferroviário de Nacala não foi totalmente feliz, uma vez ter empatado a zero com o Costa do Sol. A turma de Nacala continua aflita, com dez pontos, menos três que os “canarinhos”, igualmente preocupados com a sua posição.

JOGOS DE HOJE

Enquanto isso, a campeã União Desportiva do Songo defronta esta tarde (15.00 horas) fora de casa o Textáfrica. A UD Songo, a viver um momento desportivo e até directivo menos bom, vai procurar afastar os “fantasmas” da crise no terreno dos “fabris”, adversário que até agora vem se revelando como a surpresa agradável do campeonato.

Noutros jogos, o Ferroviário da Beira, à procura de melhores resultados, enfrenta em casa a UP Manica. Facto curioso é que ambos somam 13 pontos, ocupando a oitava e nona posições, respectivamente.

A precisarem de pontos para ficarem o mais distante possível da zona de despromoção, a ENH e o Desportivo de Nacala “caçam” pontos em Vilankulo.

No Chibuto, também em busca de pontos para não perderem de vista o trono, medem forças a equipa da casa e a Liga Desportiva de Maputo. .[CC]