Maxaquene vulgarizado no santuário

2018-09-24 11:35:05 (UTC+01:00)

O Maxaquene que está a fazer um bom campeonato, foi vulgarizado no santuário do 25 de Junho, pelo Sporting de Nampula por quatro bolas a duas (4x2).

MAPUTO- O Sporting de Nampula que ocupa a última posição da tabela classificativa, é a única equipa que tem a sua situação definida para a próxima época futeboística.

Longe da luta pelo título e dos lugares cimeiros, o Costa do Sol venceu na tarde de sábado no seu relvado sintético o Ferroviário de Nacala, por um a zero (1x0, e consolidou a sua manutenção no Moçambola.

Quem também teve motivos para sorrir é o Ferroviário da Beira que foi ao campo do seu homónimo de Gôndola vencer a UP de Manica, por duas bolas sem concorrência (0x2), dois tentos da autoria de Andro.

A União Desportiva do Songo, com menos um jogo, continua a descarregar energia rumo ao bicampeonato, depois de vencer ontem, em casa, o Textáfrica de Chimoio, por duas bolas a uma (2x1). A equipa de Nacir armando até esteve a perder depois deu a volta ao marcador.

O Ferroviário de Maputo, com mais um jogo e menos três pontos, em relação aos hidroéletricos, derrotou o Ferroviário de Nampula por dois a zero (2x0), e mantém a perseguição ao líder.

A Liga Desportiva de Maputo, que ainda pode entrar no barrulho das comntas do título, recebeu no seu reduto e bateu o Clube de Chibuto, por duas bolas sem resposta (2x0), e na quarta-feira recebe a União Desportiva do Songo, e em caso de vitória pode sonhar priemeiro com o segundo lugar e depois com a conquista do campeonato.

Na açucareira, numa partida que colocou frente a frente duas equipas que lutam pela manutenção o Incomáti de Xinavane empatou a uma bola (1x1) com o 1º de Maio de Quelimane.

O Desportivo de Nacala, derrotou no campo da Bela Vista a ENH de Vilankulo por duas bolas a uma (2x1), mas continua com na zona das turbulentas águas da despromoção. A próxima jornada tem como destaque a recepção do Ferroviário da Beira ao líder e actual campeão nacional, enquanto o Ferroviário de Maputo desloca-se ao campo da Bela Vista para defrontar o seu homónimo de Nacala.







Foto: Jornal Desafio