Moçambola 2018: Muitos golos na segunda jornada

2018-03-12 09:04:04 (UTC+00:00)

O Moçambola 2018, rodou este fim de semana a sua segunda jornada, que foi rica em golos. As redes só não balançaram numa das oito partidas desta segunda ronda do campeonato nacional de futebol.

MAPUTO - Depois de a jornada inaugural ter visto três embates a serem adiados devido a problemas de ligação área de e para Nampula, esta segunda jornada não teve o mesmo azar e viu os oito jogos a realizarem-se na sua totalidade.

Na partida mais aguardada que teve lugar na tarde de sábado, um clássico, o Maxaquene venceu o Ferroviário de Maputo (3x1), um dos mais sérios candidatos ao titulo nacional, e lidera a prova com quatro pontos, os mesmos do Costa do Sol.

O Costa do Sol que na ronda anterior consentiu um empate caseiro sem abertura de contagem diante do Maxaquene, este domingo, foi ao santuário do 25 de Junho apadrinhar o regresso do Sporting de Nampula ao convívio dos grandes, com uma goleada (0x3), e colou-se aos tricolores na liderança.

No canavial de Xinavane, o Incomáti fazia a sua estreia em casa, recebendo o campeão em título a União Desportiva do Songo, que procurava reerguer-se depois da humilhação que sofreu em Lubumbashi frente ao TP Mazembe, mas não foi para além de um empate (0x0) que deixou os açucareiros e os seus adeptos, que lotaram por completo as bancadas para testemunharem o regresso da sua equipa a alta roda do futebol nacional, muito felizes pois conquistaram um ponto frente a um adversário que não é do seu campeonato.

Nas margens do Rio dos Bons Sinais, o 1º de Maio de Quelimane, recebeu e derrotou a Liga Desportiva de Maputo (2x0), e começou a dar bons sinais na sua luta pela sobrevivência na maior competição futebolística do país. No Campo da Bela Vista, a vista foi boa para os donos da casa que também se juntaram ao pelotão da frente com quatro pontos, porque depois de ter empatado na primeira jornada na trincheira diante do Clube do Chibuto, o Desportivo de Nacala venceu a UP de Manica (2x0) e também soma quatro pontos.

O Ferroviário da Beira, um dos candidatos assumidos à conquista do título, também não teve mãos a medir ao receber o seu homônimo, o Ferroviário de Nacala, e aplicou-lhe uma chapa três (3x0). Os locomotivas do Chiveve somam três pontos, mas com menos um jogo. Na terra da boa gente, a ENH de Vilankulo, que na ronda anterior perdeu em Maputo diante da Liga Desportiva de Maputo, recebeu e derrotou o Ferroviário de Nampula (1x0).

Esta foi uma jornada de muitos golos e o Textáfrica de Chimoio contribuiu bastante ao derrotar o Clube de Chibuto (3x2), aliás este foi o jogo com mais golos nesta jornada. Os guerreiros de Gaza que assumiram que pretendem lutar pelos lugares cimeiros e conquistar o título, voltaram a marcar passo depois de na ronda inaugural terem empatado em casa diante do Desportivo de Nacala.

Na terceira jornada, que terá lugar no próximo fim de semana, o grande destaque vai para o confronto entre a Liga Desportiva de Maputo e o Maxaquene, equipa que está a ter um bom arranque rumo ao seu objectivo principal, garantir a manutenção o mais rápido possível.

Eventos relacionados