Internacional

Amnistia Internacional acusa Israel por crimes de guerra

2015-07-31 04:41:10 (UTC+01:00)

A Amnistia Internacional (AI) acusa Israel de ter levado a cabo ataques "desproporcionais" e "indiscriminados" contra civis palestinianos na cidade de Rafah e Gaza.

Os ditos ataques foram realizados no âmbito das operações de "sexta-feira negra", em 2014, que pretendiam resgatar um soldado israelita detido pelo Hamas.

De acordo com o relatório, divulgado esta quinta-feira, "há provas indesmentíveis que as forças armadas israelitas cometeram ataques desproporcionais e indiscriminados que mataram centenas de civis nas suas casas, nas ruas e nos seus veículos".

A operação "sexta-feira negra" durou entre os dias um e quatro de agosto de 2014 e resultou na morte de, pelo menos, 135 civis, embora algumas fontes apontem para mais de 200 mortos. [FM]