Internacional

Assad diz que negociações com a ONU não deram resultado

2017-12-19 05:59:58 (UTC+00:00)

O Presidente da Síria, Bashar al-Assad, afirmou ontem, que os três anos de negociações de paz mediadas pela ONU não deram resultado, muito porque a oposição não representa ninguém.

A última ronda de negociações entre o regime e a oposição terminou na passada quinta-feira, em Genebra, sem progressos. O enviado da ONU para a Síria teceu críticas ao governo que recusa discutir algum tema além do combate ao terrorismo.

A oposição já apelou a um período de transição sem a participação do Presidente, mas o regime não quer discutir o assunto. Paris também acusou al-Assad de obstruir as últimas negociações, ao que o próprio já respondeu.

"A França foi o porta-estandarte do apoio ao terrorismo na Síria desde o início" do conflito, considera. "Ela não está em condições de fazer uma avaliação de uma conferência de paz", adiantou.

A Síria prefere as negociações previstas para o próximo ano e organizadas pela Rússia, seu principal aliado. Bashar al-Assad já disse que essas negociações vão analisar se Damasco precisa de uma nova Constituição ou de alterar a actua.

"Acreditamos certamente que qualquer coisa é melhor que Genebra, porque Genebra não conseguiu nada em três anos", sublinhou.