Internacional

Boko Haram mata 12 soldados do Níger

2020-05-21 07:40:53 (UTC+01:00)

Doze soldados do Níger morreram e outros dez ficaram feridos num ataque do Boko Haram contra um posto militar na região de Diffa, no sudeste do país, anunciou ontem o Ministério da Defesa.

De acordo com um comunicado difundido na terça-feira à noite através da rádio governamental, e citado esta quarta-feira pela agência de notícias espanhola Efe, o Governo explica que o ataque ocorreu na localidade de Blabrine e causou igualmente a destruição de material militar.

O posto militar de Blabrine, situado a 36 quilómetros a noroeste de N'guigmi, foi atacado por "um grupo de terroristas do Boko Haram fortemente armado", que matou 12 soldados.

Na resposta, os soldados do Níger mataram sete terroristas e recuperaram parte do material roubado, incluindo um veículo que servia de apoio a uma metralhadora dupla de 14,5 milímetros.

"Os militares que foram declarados desaparecidos regressaram todos às suas bases e as operações de busca continuam para neutralizar o resto dos elementos do Boko Haram responsáveis pelo ataque", diz o ministério.

O ataque do Boko Haram acontece duas semanas depois da grande ofensiva militar levada a cabo na região do Lago Chade pelo exército do Níger, apoiado por uma força em que participaram também a Nigéria, os Camarões e o Chade para combater o Boko Haram, e na qual foram mortos 75 terroristas e recuperadas grandes quantidades de material de guerra.