Internacional

Bombardeamentos russos mataram cerca de 600 pessoas na Síria

2015-10-30 11:16:23 (UTC+00:00)

Pelo menos 595 pessoas morreram como consequência dos bombardeamentos russos levados a cabo, desde 30 de Setembro, na Síria, noticia a agência France-Presse.

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, grupo que monitoriza o conflito na Síria, os ataques aéreos mataram 279 rebeldes e jihadistas aliados da Frente al-Nusra, célula síria da Al-Qaeda, 131 elementos do grupo Estado Islâmico (EI) e 185 civis, incluindo 46 mulheres e 48 crianças.

"A maioria das ofensivas foram perpetradas contra os rebeldes, grupos islâmicos e a Frente al-Nusra, mas também em regiões sob controlo do EI", revelou a Organização Não Governamental, com sede em Londres. [FM]