Internacional

Burkina-Faso: autores do golpe devolvem poder a Kafando

2015-09-24 09:33:34 (UTC+01:00)

Cercados pelo Exército na capital, pressionados pela contestação popular e pelos líderes da CEDEAO, os autores do golpe de Estado no Burkina-Faso aceitaram devolver o poder ao Presidente interino Michel Kafando e regressar aos seus centros de comando.

O acordo foi assinado na noite de terça-feira, entre a Guarda Presidencial, responsável pelo golpe da passada quinta-feira, e os militares leais ao Governo, que já haviam retomado o controlo de grande parte de Ouagadougou.

O Presidente interino do Burkina-Faso, Michel Kafando, voltou ontem ao poder, numa cerimónia pública em Ouagadougou, que contou com a presença de vários chefes de Estado da região, uma semana depois de um golpe de Estado que fracassou na sua tentativa de destituí-lo.

A organização de eleições democráticas é “o objectivo principal”, disse o chefe de Estado, segundo a AFP, acrescentando estar “determinado na obtenção dessa importante missão”.

O Primeiro-Ministro Isaac Zida, que também voltou a assumir as suas funções, declarou, por seu turno, que as eleições previstas inicialmente para 11 de Outubro próximo serão adiadas por várias semanas.

A unidade militar golpista, o Regime de Segurança Presidencial (RSP), será, sem dúvida, reformada, afirmou aos jornalistas.

O regresso das autoridades de transição, destituídas pelos militares golpistas em 17 de Setembro corrente, foi anunciado na noite de terça-feira pelo general golpista Gilbert Diendéré. [FM]