Internacional

Cessar-fogo violado no Iémen

2015-07-13 12:29:12 (UTC+01:00)

Pelo menos 45 pessoas morreram, ontem, em confrontos entre os rebeldes xiitas e as forças leais ao presidente iemenita, Abd Rabbo Mansur Hadi, forçado ao exílio na Arábia Saudita.

Para a facção leal ao presidente, esta é uma clara violação da trégua nas hostilidades, promovida pelas Nações Unidas para proceder a ações de assistência humanitária.

Este cessar-fogo deveria ter entrado em vigor no sábado e estava previsto vigorar até ao fim do Ramadão, previsto para 17 de Julho.

Este sábado, foram a enterrar 53 soldados iemenitas mortos, depois da base militar, onde se encontravam estacionados, ter sido atacada por erro, na quarta-feira, durante os ataques aéreos promovidos pela coligação liderada pela Arábia Saudita. [FM]