Internacional

Começa hoje julgamento do ex-presidente chadiano

2015-07-20 06:34:45 (UTC+01:00)

O ex-presidente chadiano Hissène Habré é julgado a partir de hoje em Dacar, Senegal, como suposto responsável de 40 mil assassinatos políticos e mais de 200 mil casos de tortura durante seu mandato (1982-1990).

O caso corre na Camara Africana Extraordinária de Justiça (CAEJ), um tribunal especial africano criado no Senegal sob o beneplácito da União Africana (UA) e apoio das Nações Unidas

Será a primeira vez na história que um líder africano é julgado por um tribunal de outro país africano e tudo por pressão das suas próprias vítimas, que foram apoiados por diversas associações internacionais de direitos humanos.

Centenas deles, foram convocados a depor na audiência de Dacar, que pode durar três meses, dado que o mandato da CAEJ expira em Fevereiro de 2016.

Com o julgamento de Hissène Habré, a África tem como objectivo demonstrar a sua capacidade de organizar um processo desta magnitude e garantir aos acusados um processo justo.

O magistrado do Burkina Faso e ex-membro do Tribunal Penal Internacional para o Ruanda, Gberdao Gustave Kam, preside o julgamento, com a assistência de juízes senegaleses de longa carreira.

O ex-Presidente não reconhece a autoridade deste tribunal, cuja imparcialidade põe em causa.

“O julgamento se fará sem Habré, pois que ele não participará desta paródia de justiça montada pela União Africana e Senegal”, disse à Imprensa um dos seus advogados.

O julgamento, que será realizado em sessão pública, será transmitido na Rádio Televisão Senegalesa com um atraso de 30 minutos.

Estima-se que o processo custe cerca de 9 milhões de euros, metade dos quais foram fornecidos pelo Governo do Chade e o resto pela União Europeia e outros governos internacionais.

Hissène Habré foi presidente do Chade entre 1982 e 1990, quando foi derrubado pelo actual Presidente do país, Idriss Déby Itno, e desde então tem vivido no exílio no Senegal, onde foi preso em 2005 por crimes cometidos durante o seu regime. [FM]