Internacional

Coreia do Norte diz estar pronto para guerra com os EUA

2015-10-12 06:21:34 (UTC+01:00)

O Presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-un, disse no sábado que o país estava preparado para combater qualquer guerra “provocada pelos Estados Unidos”.

“Hoje o nosso partido declara com determinação que as nossas Forças Armadas revolucionárias são capazes de combater qualquer tipo de guerra provocada pelos Estados Unidos e estamos prontos para proteger o nosso povo e o céu azul da nossa pátria”, disse Kim durante as comemorações do 70.º aniversário do Partido dos Trabalhadores da Coreia (PTC), marcadas por um imponente desfile militar, no qual o regime exibiu o que se supõe serem os últimos desenvolvimentos do arsenal norte-coreano.

Pyongyang orgulha-se muitas vezes da sua “dissuasão nuclear”, acusando os EUA de tentarem iniciar uma guerra de agressão.

O país realizou três testes nucleares e ameaçou avançar para o quarto, como parte de um programa de armas nucleares e mísseis que tem prosseguido apesar das consecutivas sanções internacionais.

Durante a maior parte do seu discurso, Kim Jong-un destacou a unidade da população ao redor do Partido dos Trabalhadores da Coreia.

O Presidente elogiou o povo, classificando-o como “a fonte do milagre”, que permitiu ao país tornar-se num “Estado socialista poderoso que é independente e auto-suficiente em matéria de defesa”.

“O Partido dos Trabalhadores é um partido invencível, que forma um conjunto coerente com as pessoas”, sublinhou.

Enquanto isso, na vizinha Coreia do Sul a Presidente Park Geun-hye anunciava uma viagem para Washington para uma reunião bilateral com o homólogo norte-americano, Barack Obama, com a segurança e defesa na agenda.

Segundo a Casa Azul da Presidência sul-coreana, Park Geun-hye parte amanhã e o encontro com Obama, na Casa Branca, está prevista para a próxima sexta-feira.

Algumas fontes dizem que o encontro foi marcado devido à possibilidade de que a Coreia do Norte leve a cabo num futuro próximo o lançamento de um “rocket”' de longo alcance ou mesmo um quarto teste nuclear. [FM]