Internacional

Desmond Tutu hospitalizado pela segunda vez em duas semanas

2015-07-30 05:00:37 (UTC+01:00)

O arcebispo emérito da Cidade do Cabo e Prémio Nobel da Paz, Desmond Tutu, foi hospitalizado ontem, naquela cidade sul-africana devido a uma infecção, a segunda vez em apenas duas semanas.

O prelado, de 83 anos, antigo activista contra o “apartheid”, também foi hospitalizado há 15 dias por não responder aos antibióticos que tomava para combater uma infecção e teve alta há uma semana, segundo os meios de comunicação sul-africanos.

Tutu encontrava-se a tomar antibióticos para tratar uma infecção persistente, não relacionada com o cancro de próstata que lhe foi diagnosticado há 15 anos, e foi hospitalizado ontem por não se sentir bem.

Os seus médicos consideraram prudente para o arcebispo voltar ao hospital para permanecer sob vigilância, apontou o comunicado da Fundação Desmond e Leah Tutu.

O Presidente sul-africano, Jacob Zuma, desejou já a “pronta recuperação do arcebispo”, segundo o diário digital” Eyewitness News”.

“Pedimos à nação para mantê-lo e aos seus familiares nos nossos pensamentos”, declarou Zuma.

Tutu foi galardoado com o Prémio Nobel da Paz, em 1984, pela sua denúncia aberta do regime segregacionista do “apartheid”.

Depois de militar contra o regime do “apartheid” durante a prisão de Nelson Mandela e de ter presidido a Comissão Verdade e Reconciliação com a instauração da democracia no país em 1994, ele sempre foi considerado como a consciência moral do país.

Desmond Tutu retirou-se oficialmente da vida pública em 2010, mas nunca deixou de denunciar as "imperfeições" no seu país, em Africa e no mundo. [FM]