Internacional

EI executou 262 pessoas em dez dias na cidade de Palmira

2015-05-26 07:33:13 (UTC+01:00)

Desde que o Estado Islâmico chegou à cidade histórica de Palmira, na Síria, há dez dias, já foram publicamente executadas 262 pessoas, entre as quais 13 crianças, denunciou, ontem, o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

De acordo com a organização não-governamental, a maioria das vítimas são soldados do Exército Sírio. No total, mais 150 membros das forças armadas fiéis a Bashar al-Assad terão sido decapitados e outros 600 foram feitos prisioneiros.

A fonte, citada pela CNN, refere ainda que cerca de 11 mil habitantes da região terão fugido à aproximação das forças islamitas, que neste momento controlam toda a cidade e metade do território sírio. [FM]