Internacional

EI inspirou adolescente dinamarquesa a matar a mãe

2015-09-16 14:05:32 (UTC+01:00)

Uma dinamarquesa de quinze anos foi condenada, esta semana, a nove anos de prisão por ter assassinado a mãe, em outubro de 2014, num crime inspirado pelas decapitações do Estado Islâmico.

Borch e o namorado, Bakhtiar Abdulla, um iraquiano de 29 anos, esfaquearam vinte vezes Tina Römer Holtegaard, chamando depois a polícia.

Bakhtiar Abdulla, por seu turno, foi condenado a 13 anos de prisão, devendo depois ser deportado. [FM]