Internacional

Empresa quer procurar MH370 desaparecido em 2014

2017-08-11 10:34:32 (UTC+01:00)

Uma empresa norte-americana que se dedica a explorar o fundo marinho, fez uma proposta à Malásia para procurar gratuitamente o avião da Malaysia Airlines, desaparecido em 2014.

MAPUTO- Em Janeiro, Malásia, Austrália e China deram por concluída, sem êxito, as operações de busca do avião que fazia a ligação Kuala Lumpur rumo a Pequim, tendo desaparecido no oceano Índico, a 8 de Março de 2014 com 239 pessoas a bordo.

A Ocean Infinity aguarda por uma decisão do governo da Malásia, numa altura em que aumenta a pressão das famílias dos passageiros do MH370 para que o governo de Kuala Lumpur concorde com a proposta apresentada pela companhia norte-americana.

Na semana passada, Mark Antelme, porta-voz da Ocean Infinity, confirmou à agência noticiosa espanhola EFE, também através de uma mensagem de correio electrónico, que a empresa apenas cobraria "com base no sucesso" da operação em causa, sem facultar detalhes sobre as condições da proposta.

O Voice370, um grupo de familiares das 239 pessoas a bordo, afirmou que, ao abrigo dos termos da proposta feita em Abril, a Ocean Infinity "gostaria de receber uma compensação apenas e só no caso de encontrar a principal zona de destroços" do avião. [FM]