Internacional

Estado Islâmico assassinou 3.221 pessoas desde 2014

2015-09-29 15:56:13 (UTC+01:00)

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) assassinou 3.221 pessoas na Síria, desde que proclamou um califado no país e no Iraque, no final de junho de 2014, segundo denunciou hoje uma ONG.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) revelou que pelo menos 1.879 das vítimas eram civis, incluindo 76 menores e 99 mulheres.

Na maioria dos casos, as pessoas foram executadas a tiro, decapitadas, lapidadas, queimadas vivas ou lançadas de edifícios. [FM]