Internacional

Governo do Burundi poderá adiar as contestadas eleições

2015-06-01 10:52:26 (UTC+01:00)

O governo do Burundi poderá adiar as contestadas eleições presidenciais, previstas para esta sexta-feira.

O porta-voz do executivo de Bujumbura afirmou ter acolhido de “forma positiva”, o apelo lançado este domingo pelos líderes dos países da África Oriental, para que o país atrase o sufrágio por, pelo menos, um mês e meio, para permitir a reabertura das negociações com a oposição.

No comunicado final da reunião, na Tanzânia, os responsáveis rejeitam, no entanto, pronunciar-se sobre a legalidade da candidatura a um terceiro mandato do presidente Pierre Nkurunziza.

A oposição afirma-se “decepcionada” com a posição dos líderes africanos, quando protesta há mais de um mês e meio contra uma recandidatura apontada como inconstitucional é contrária aos acordos de paz que puseram fim à guerra civil no país. [FM]