Internacional

Governo grego admite eleições antecipadas

2015-07-30 13:15:26 (UTC+01:00)

O primeiro-ministro helénico, Alexis Tsipras, admitiu, ontem, a convocação de eleições antecipadas caso os deputados eleitos pelo Syriza, no poder, não reponham a estabilidade da maioria parlamentar.

A frágil unidade interna no Syriza ficou posta em causa nas últimas duas votações, que escrutinaram as medidas de austeridade exigidas pelos credores para evitar uma saída do Euro.

Em declarações à rádio Sto Kokkino, o chefe do executivo grego explicou que vai tentar convencer os cerca de quarenta deputados renegados mas não poupou críticas aos "rebeldes curtos de ideias que querem fazer a revolução com o assalto ao Palácio de Inverno", disse Alexis Tsipras, numa referência à revolução russa de 1917, acrescentando que os "compromissos também são parte da tática revolucionária". [FM]