Internacional

Guiné-Bissau: criado grupo de mediadores para "encontrar a paz"

2015-09-14 05:46:30 (UTC+01:00)

O encontro extraordinário da Comunidade Económica de Estados da África Ocidental (CEDEAO), que decorreu, este sábado, em Dacar, no Senegal, criou um "grupo de mediadores" para solucionar a crise política na Guiné-Bissau.

Na capital senegalesa, o presidente guineense, José Mário Vaz, valorizou a decisão da CEDEAO como a certeza de que "finalmente vamos encontrar a paz na Guiné-Bissau".

"Nós conseguimos chegar a um acordo que é precisamente a busca de soluções para os problemas que enfrentamos na Guiné-Bissau. Foram escolhidas três personalidades; o Presidente do Senegal, Macky Sall, o homólogo da Guiné Conacri Alpha Condé e o antigo Presidente da Nigéria, Olusegun Obasanjo", disse o chefe de Estado da Guiné-Bissau. [FM]