Internacional

Jornalista angolano condenado a seis meses de prisão

2015-05-29 11:54:32 (UTC+01:00)

O jornalista angolano Rafael Marques foi condenado a seis meses de prisão com pena suspensa. O ministério público pedia 30 dias de prisão para o activista.

Apesar de o jornalista ter entrado em acordo com os sete generais angolanos, que retiraram a queixa, o tribunal provincial de Luanda decretou a sentença, no processo de difamação sobre a violação dos direitos humanos na exploração diamantífera.

O tribunal ordenou, ainda, que o jornalista retirasse do mercado e da internet o livro “Diamantes de Sangue: Tortura e Corrupção em Angola”, e de não voltar a editá-lo ou a traduzi-lo.

O advogado de Marques, David Mendes, já interpôs recurso à sentença por considerá-la “nula”, devido a irregularidades.

Várias organizações internacionais, incluindo a Amnistia Internacional, pediram a intervenção do presidente angolano, José Eduardo dos Santos. [FM]