Internacional

Jornalistas da Al-Jazzera condenados a três anos de prisão no Egipto

2015-08-29 11:01:58 (UTC+01:00)

Um tribunal do Egito condenou hoje a três anos de prisão efetiva três jornalistas do canal de televisão do Qatar Al-Jazeera, apesar dos apelos da comunidade internacional para encerrar o caso.

MAPUTO - O australiano Peter Greste, o canadiano Mohamed Fahmy e o egípcio Baher Mohamed são acusados de ter "difundido informações falsas" para apoiar a Irmandade Muçulmana.

Fahmy e Mohamed foram presentes a tribunal, e Greste foi julgado por contumácia, uma vez que este foi deportado para a Austrália em fevereiro.[OD]