Internacional

Kim Jong-un manda executar ministro da Defesa

2015-05-14 07:29:05 (UTC+01:00)

O ministro da Defesa norte-coreano, Hyon Yong-Chol, foi executado publicamente, por fuzilamento de míssil antiaéreo, depois de uma ordem directa do líder Kim Jong-un, segundo informações reveladas pelos serviços secretos da Coreia do Sul.

Centenas de pessoas assistiram à morte numa academia militar, em Pyongyang, de acordo com a agência noticiosa Yonhap. Hyon foi condenado pelo crime de "lesa-majestade", depois de ter sido encontrado a dormir durante uma cerimónia militar e por "não ter seguido as instruções" do líder norte-coreano.

Desde o início do ano, Kim Jong-un ordenou a execução de 15 oficiais do regime, segundo informações dos serviços secretos sul-coreanos. [FM]