Internacional

Maduro bloqueia entrega de ajuda humanitária na Venezuela

2019-02-09 08:47:05 (UTC+00:00)

Camiões de ajuda humanitária com alimentos e medicamentos já chegaram à cidade colombiana de Cucuta, junto à fronteira com a venezuela, mas sem luz verde para entrar no país devido ao bloqueio da estrada imposto pelo presidente Nicolás Maduro.

Venezuelanos que deixaram o país rumo à Colômbia protestaram junto à fronteira exigindo a saída do presidente. Durante a primeira reunião do Grupo de contacto internacional para a Venezuela, que teve lugar em Montevideu, Uruguai, o grupo apelou à entrega urgente da ajuda humanitária e à realização de eleições livres.

A chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, disse que é "crucial restaurar a democracia da Venezuela em todas as dimensões, incluindo o estado de direito, a separação de poderes e o respeito pelo mandato das instituições do país, nomeadamente a assembleia nacional", escreveu a Euronews.

Mogherini reiterou ainda o compromisso do grupo de mobilizar mais assistência em áreas carenciadas.

A declaração do grupo, do qual Portugal faz parte, foi subscrita por praticamente todos os membros, com exceção do México e da Bolívia.