Internacional

Militares violaram 127 mulheres na RD Congo

2015-05-15 12:06:44 (UTC+01:00)

Um grupo armado, composto 60 militares, violaram 127 mulheres durante um ataque à cidade de Kikamba no leste da República Democrática de Congo, informou a organização dos Médicos Sem Fronteiras (MSF).

As forças governamentais, bem como os rebeldes são acusados há muito tempo pelas organizações humanitárias de recorrer ao uso da violação como arma de guerra.

Em novembro, o general congolês, Jerôme Kakwavu foi condenado a dez anos de prisão por um tribunal militar por violações, quando comandava uma unidade rebelde no nordeste da República Democrática do Congo, entre 2003 e 2005. [FM]