Internacional

Morte de refugiados "parte" coração de Ki-Moon

2015-08-29 08:03:43 (UTC+01:00)

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), o sul-coreano Ban Ki-Moon, manifestou ontem, em comunicado, estar "horrorizado" com as mortes de migrantes e refugiados na Europa e no Mar Mediterrâneo.

"Estou horrorizado com o que tenho visto e de coração partido", palavras escritas de Ban Ki-Moon, que, depois, sublinha ter visto a "sinistra descoberta" dos corpos de 71 pessoas encontrados num camião em autoestrada da Áustria.

"Estas tragédias, repetidas, fazem sobressair a crueldade dos traficantes de pessoas cujas actividades criminosas se estendem desde o Mar de Andaman ao Mediterrâneo e pelas estradas da Europa", acrescentou.

Por fim, o secretário-geral da ONU apelou a todos os governos envolvidos para darem "respostas abrangentes, aumentar os canais seguros e legais de migração e a agir com humanidade e compaixão e de acordo com as suas obrigações internacionais". [FM]