Internacional

Nkurunziza ganha terceiro mandato com 69,4% dos votos

2015-07-25 07:51:39 (UTC+01:00)

Pierre Nkurunziza continua chefe do Estado, pelo menos até 2020. O presidente burundês ganhou o terceiro mandato consecutivo, na polémica eleição da última terça-feira, dia 21.

A Comissão Eleitoral Nacional Independente do Burundi anunciou na tarde de ontem os resultados oficiais provisórios da votação de terça-feira. Segundo a CENI, Pierre Nkurunziza recebeu 69,41 por cento dos votos, que lhe asseguram a vitória logo na primeira volta.

A candidatura de Nkurunziza a esta eleição foi denunciada como inconstitucional pela oposição e deu origem a meses de protestos, pelo menos na capital, Bujumbura.

Embora o boletim de voto apresentasse oito candidatos, Pierre Nkurunziza quase que corria sozinho, pois que a maioria dos seus adversários se retirou, em protesto contra a candidatura do chefe do Estado e denunciando a falta de liberdades.

De acordo com os números ontem apresentados pela CENI, Nkurunziza ganhou com votos principalmente das zonas rurais, onde a maioria dos cerca de 10 milhões de burundeses vive.

O seu rival mais próximo, Agathon Rwasa, que apelava ao boicote, teve 18,99 por cento dos votos.

A exemplo de outras zonas urbanas, a taxa de participação em Bujumbura foi extremamente baixa, apenas 29,75 por cento contra uma média nacional de 73,44 por cento.

Falando à BBC, Rwasa desvalorizou os resultados da eleição, afirmando que a eleição foi "uma piada".

Segundo ele, o que se pede são “eleições livres e justas”. [FM]