Internacional

Nove soldados morreram depois de um ataque do Boko Haram

2017-04-21 08:19:03 (UTC+01:00)

Nove soldados morreram e 14 estão desaparecidos depois de um ataque da organização 'jihadista' Boko Haram contra um posto militar no nordeste da Nigéria, de acordo com um relatório das fontes de segurança ontem divulgado.

Na segunda-feira à noite, dezenas de combatentes, suspeitos de pertencer à facção liderada pelo chefe do grupo radical Estado Islâmico na África ocidental, Abou Mosab Al Barnaoui, invadiram um posto de controlo militar na vila de Sabon Garin Kimba, a cerca de 150 quilómetros a sudoeste da capital do Estado de Borno, Maiduguri.

"O número de mortes do nosso lado aumentou para nove com a descoberta de quatro corpos pertencentes às nossas tropas", disse à agência francesa AFP um oficial nigeriano que não quis ser identificado.

"Desde o ataque, 14 soldados ainda estão desaparecidos. O seu destino permanece desconhecido", acrescentou.

Os ataques contra o Exército e a polícia aumentaram nas últimas semanas, e esta é a segunda vez que o posto de controlo é referido em menos de um mês. [FM]