Internacional

Obama e rei saudita consideram urgente travar combates no Iémen

2015-07-15 14:10:41 (UTC+01:00)

O Presidente dos Estados e o rei da Arábia Saudita defenderam, ontem, a necessidade de se pôr um término aos violentos combates no Iémen, indicou a Casa Branca horas depois da recuperação do aeroporto de Adem pelas forças governamentais.

Obama e Salman bin Abdulaziz Al Saud "falaram da urgência de pôr termo aos combates no Iémen e da importância de assegurar que a ajuda, internacional, chegue a todos os iemenitas ameaçados pelo conflito", precisou a Casa Branca.

A Casa Branca adiantou ainda que na mesma ocasião os dois chefes de Estado se congratulam com o acordo histórico sobre o programa nuclear iraniano alcançado.

A Arábia Saudita lidera uma coligação internacional que tenta travar o avanço dos rebeldes xiitas Houthi, que ameaçam o governo local. [FI]