Internacional

Obama pretende que países europeus aceitem quotas de refugiados

2015-09-23 10:33:08 (UTC+01:00)

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, quer que os países membros da União Europeia decidam aceitar a "sua quota-parte" de refugiados sírios.

Esta tomada de posição surge numa altura em que os Estados europeus chegaram a um relutante acordo para terminar com a crise migratória.

Após uma conversa telefónica de Obama com a chanceler alemã, Angela Merkel, a Casa Branca afirmou que os "dois líderes concordaram sobre a necessidade de uma solução a nível europeu em que todos os Estados membros aceitem a sua justa parte de refugiados".

Recorde-se que os ministros do Interior dos 20 Estados membros aprovaram, por uma ampla maioria, a distribuição entre eles de 120 mil refugiados.

Contudo, quatro países, Eslováquia, Roménia, República Checa e Hungria, não estão de acordo com o plano da Comissão Europeia, alegando que Bruxelas não tem o direito de os obrigar a receber milhares das pessoas que procuram refúgio na Europa. [FM]