Internacional

"Passos Coelho é um prisioneiro do passado" António Costa

2015-09-10 23:42:14 (UTC+01:00)

O secretário-geral do Partido Socialista (PS), António Costa, afirmou esta quinta-feira, em entrevista à RTP, que Portugal só se verá livre da troika quando o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho abandonar o Governo.

"A troika só sairá de Portugal quando Passos Coelho sair do Governo", disse o líder socialista, acrescentando que a coligação prevê novo corte de 600 milhões de euros nas pensões, mas também na privatização de serviços públicos, "nomeadamente da Segurança Social".

Para Costa, "Passos Coelho é um prisioneiro do passado". "Não tem nada a dizer sobre o futuro, está esgotado, o seu programa é o programa da troika e gostou tanto do programa que quis ir além da troika", completou. [FM]