Internacional

Presidente do Burundi exonera ministro da Defesa

2015-05-19 11:20:45 (UTC+01:00)

O Presidente burundês Pierre Nkurunziza procedeu ontem, a uma remodelação governamental, exonerando os ministros da Defesa, Pontien Gaciyubwenge, e o dos Negócios Estrangeiros, Laurent Kavakure.

A exoneração surge quatro dias depois do fracasso da tentativa do golpe de Estado, ocorrido em plena crise política, surgida pela intenção do presidente Nkurunziza recandidatar-se a um terceiro mandato, contestado pelos seus opositores.

Pontien Gaciyubwenge foi substituído na pasta da Defesa por Emmanuel Ntahonvukiye, um civil, enquanto Alain Aimé Nyamitwe substituiu o então chefe da diplomacia Laurent Kavakure, anunciou à AFP o porta-voz da presidência.

Enquanto isso, Os Estados Unidos ajudaram domingo a evacuar os seus cidadãos, canadianos e outras nacionalidades do Burundi, que fogem dos distúrbios ligados a fracassa tentativa do golpe de Estado, anunciou nesta segunda-feira o departamento de Estado americano.

Uma tentativa de golpe de Estado ameaçou quarta-feira de derrubar o presidente burundês Pierre Nkurunziza.

No poder desde 2005, Nkurunziza enfrenta desde finais de Abril a um movimento de contestação popular contra a sua candidatura a um terceiro mandato presidencial.

Os Estados Unidos preveniram os seus cidadãos da situação "volátil" nesse país da África Central e asseguraram ter ajudado duas dezenas de cidadãos estrangeiros a subir nos seus aviões. [FM]