Internacional

Presidente francês pede grande coligação contra Estado Islâmico

2015-11-19 05:01:31 (UTC+00:00)

O Presidente da França, François Hollande, pediu ontem para a comunidade internacional deixar de lado possíveis interesses nacionais divergentes e participar de uma grande coligação contra o grupo militante extremista Estado Islâmico (EI).

"Precisamos formar uma vasta coligação para atingir o Estado Islâmico de forma decisiva", disse Hollande durante uma assembleia de prefeitos.

"A comunidade internacional deve seguir o mesmo espírito. Eu sei muito bem que cada país não possui os mesmos interesses", acrescentou.

Este pedido surge um dia depois da Rússia e a França, os dois países atingidos nos últimos dias pelo terrorismo “jihadista”, terem chegado a acordo para a coordenação na luta contra o EI na Síria.

Os Presidentes dois países, François Hollande e Vladimir Putin, conversaram na terça-feira ao telefone e pretendem ampliar essa coordenação a mais países, nomeadamente os Estados Unidos.

Mas a ideia de Hollande, há muito defendida por Putin, encontra forte resistência do Presidente norte-americano, Barack Obama. Washington continua a insistir em não querer separar a luta contra o terrorismo do EI do futuro do regime do Presidente sírio, Bashar al-Assad. [FM]