Internacional

Procuradoria do Burundi ouviu 17 alegados golpistas

2015-05-18 00:58:33 (UTC+01:00)

Na sequência do fracassado golpe de estado, a procuradoria do Burundi ouviu no sábado 17 alegados golpistas detidos, indicou o advogado de um dos detidos.

Os 17 homens, entre os quais se encontram o número dois do movimento, o general Cyrille Ndayirukiye, e os comissários Zénon Ndabaneze e Herménégilde Nimenya, ainda não foram formalmente acusados, mas foram detidos por “tentativa de derrube das instituições”, disse o advogado do general, Anatole Miburo.

Adiantou que os homens, depois da sua interpelação na sexta-feira, estiveram detidos ilegalmente pelos serviços de informação. [FM]