Internacional

Protestos continuam a sacudir capital do Burundi

2015-05-08 16:00:57 (UTC+01:00)

Os protestos contra o eventual terceiro mandato do Presidente Pierre Nkurunziza voltaram ontem, a sacudir a capital do Burundi, Bujumbura. Há registo de mortos, quatro, segundo a Cruz Vermelha, a Polícia e jornalistas da agência de notícias France Presse

A capital do Burundi, Bujumbura, é palco desde 26 de Abril de manifestações de opositores a um terceiro mandato do Presidente Pierre Nkurunziza, tendo-se registado confrontos com a Polícia ou com os jovens do partido no poder, os Imbonerakure, qualificados de milícia pelas Nações Unidas. A violência já causou pelo menos 19 mortos, quatro dos quais ontem.

Nas últimas semanas, segundo a ONU, mais de 35 mil burundeses refugiaram-se nos países vizinhos: República Democrática do Congo, Tanzania e, sobretudo, Ruanda.

Pierre Nkurunziza, eleito em 2005 pelo Parlamento e uma segunda vez em 2010 por sufrágio universal directo, foi apresentado a 25 de Abril último como candidato do seu partido, o CNDD-FDD, para as presidenciais de 26 de Junho próximo.

Os opositores a sociedade civil e uma grande parte da oposição política – consideram que um terceiro mandato é anti-constitucional e contrário ao acordo de Arusha, que abriu caminho ao fim da guerra civil no Burundi (1993-2006).

[FM- FOLHA DE MAPUTO]