Internacional

Quatro diplomatas discutem conflito sírio hoje em Viena

2015-10-23 04:03:05 (UTC+01:00)

Os chefes da Diplomacia russa e norte-americana, Serguei Lavrov e John Kerry, respectivamente, vão encontrar-se hoje em Viena com os seus homólogos saudita e turco para discutir o conflito sírio.

“Os preparativos do encontro entre o ministro russo, o secretário de Estado norte-americano e os chefes da Diplomacia saudita e turca, Adel al-Jubeir e Feridun Sinirlioglu, respectivamente, a realizar no dia 23 de Outubro em Viena foram discutidos durante uma conversa telefónica entre Lavrov e Kerry”, indicou o Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, num comunicado.

Este anúncio surge um dia depois da visita surpresa, na terça-feira, a Moscovo do Presidente sírio, Bashar al-Assad. Foi a primeira deslocação oficial do líder sírio desde o início da guerra civil, em Março de 2011.

Na capital russa, Bashar al-Assad agradeceu de forma calorosa ao Presidente russo, Vladimir Putin, pela intervenção militar de Moscovo na Síria contra os “terroristas”.

A Rússia iniciou uma intervenção aérea no território sírio em 30 de Setembro última.

Entretanto, segundo indicaram ontem analistas da empresa IHS Jane, a violência do grupo Estado Islâmico registou um aumento significativo nos últimos três meses, com mais de 1000 ataques e quase 3000 mortes em todo o mundo.

Os números mostram uma subida de 42 por cento nos ataques diários levados a cabo pelos “jihadistas”, uma média de 11,8 por dia entre Julho e Setembro últimos, o que representa um aumento dos 8,3 registados entre Abril e Junho.

Os números sugerem que os ataques aéreos da coligação liderada pelos Estados Unidos têm um impacto limitado sobre o grupo.

Os dados da empresa de consultoria sediada em Londres dizem respeito ao período anterior à intervenção da Rússia no conflito sírio. [FM]