Internacional

Restos mortais de Mugabe esperados hoje em Harare

2019-09-11 13:43:55 (UTC+01:00)

Os restos mortais de Robert Mugabe, antigo Presidente do Zimbabwe, devem chegar hoje a Harare procedentes da Singapura, dando início a uma maratona de actos de despedida do herói da libertação do país que culminarão com o seu funeral do próximo domingo.

Familiares e membros seniores do governo zimbabweano partiram na segunda-feira para a cidade-Estado asiática para recolherem o corpo de Mugabe, falecido no dia na passada sexta-feira, 6 de Setembro, onde estava hospitalizado há cinco meses.

À chegada, os restos mortais de Mugabe serão levados directamente para sua terra natal, a zona rural em Kutama, no distrito de Zvimba, cerca de 90 quilómetros a oeste da capital Harare, para uma vigília nocturna.

Na quinta e sexta-feira, o corpo estará em câmara ardente no Estádio de Rufaro, no município de Mbare, em Harare, para que o público possa prestar-lhe a derradeira homenagem, revelou à AFP o sobrinho e porta-voz da família, Leo Mugabe.

Os pormenores das exéquias fúnebres foram confirmados pela ministra da Informação do Zimbabwe, Monica Mutsvangwa, que disse aos jornalistas que a cerimónia "permitiria que o público de todas as nossas províncias prestasse os seus últimos respeitos ao ilustre herói da guerra de libertação".

O estádio, com capacidade para 35.000 lugares, é onde Mugabe prestou juramento na cerimónia de tomada de posse como Primeiro-Ministro da ex-Rodésia do Sul em 1980, após a independência do Reino Unido.

Lá Mugabe içou a nova bandeira do Zimbabwe e acendeu a chama da independência a 18 de Abril de 1980 - trazendo esperança para uma nova era após uma longa guerra de guerrilha.

No sábado terá lugar o funeral oficial a ser realizado no gigantesco Estádio Nacional, de 60.000 lugares, em Harare, onde se espera a presença de líderes estrangeiros. "Depois os chefes (tradicionais) o sepultarão no domingo, onde eu não sei", disse Leo Mugabe.

A ministra Mutsvangwa disse que o governo fará uma actualização sobre o local do sepultamento de domingo "à medida que mais informações sobre o programa estiverem disponíveis".

O local do sepultamento permanece indefinido devido a aparente desacordo entre a família e o governo do Presidente Emmerson Mnangagwa. O executivo pretende que os restos mortais de Mugabe fiquem no National Heroes Acre, em Harare, local reservado aos heróis nacionais, mas a família quer que seja enterrado na sua propriedade rural a noroeste da capital.