Internacional

Sarkozy não aceita quotas de distribuição de refugiados

2015-09-10 11:18:49 (UTC+01:00)

O ex-presidente francês Nicolas Sarkozy recusa-se a aceitar as quotas europeias de distribuição de refugiados, e sugere um estatuto temporário para os refugiados de guerra, apenas enquanto durar o conflito, diz hoje numa entrevista ao jornal Le Figaro.

O ex-presidente francês insiste que "as quotas não são aceitáveis antes da adoção de uma política migratória comum", já que significam "aceitar estrangeiros que não correspondem aos critérios que fixámos para entrarem" em França.

Nicolas Sarkozy propõe o restabelecimento dos controlos fronteiriços, enquanto não se estabelecer um novo acordo sobre as regras para acolher os migrantes. [FM]