Internacional

Sobe para 62 número de mortos em explosão de camião-cisterna na Tanzânia

2019-08-11 07:18:52 (UTC+01:00)

Sessenta e duas pessoas morreram e mais de 70 ficaram feridas na explosão ontem de um camião-cisterna acidentado nos arredores de Morogoro, no leste da Tanzânia, indicou a polícia num novo balanço do acidente.

"Temos a lamentar 62 mortos, 58 homens e quatro mulheres. Há ainda 72 feridos, 64 homens e oito mulheres, no hospital de Morogoro", a cerca de 200 quilómetros a oeste da capital da Tanzânia, Dar es-Salam, declarou à imprensa Liberatus Sabas, chefe das operações da polícia tanzaniana.

A maioria das vítimas são condutores de moto-táxis e pessoas da zona que ocorreram ao local onde o camião se despistou para recuperar combustível.

Segundo o governador de Morogoro, Stephen Kebwe, quando as pessoas enchiam as suas latas com combustível, um homem tentou arrancar a bateria do camião, provocando a explosão.

O incidente ocorreu por volta das 08:30 locais (07:30 em Maputo) na comuna de Msamvu, na periferia de Morogoro. Ao final da manhã, a polícia anunciou a extinção do incêndio. "A região de Morogoro nunca tinha tido um desastre de tal magnitude", disse Kebwe à imprensa no local.

O presidente John Magufuli apresentou as suas condolências aos "afetados, em particular as famílias das vítimas" e disse rezar para que "os feridos se restabeleçam rapidamente".

Num comunicado, o chefe de Estado declarou-se ainda "muito chocado por as pessoas se precipitarem sobre veículos acidentados para pilhar a sua carga". "Vamos parar com esse hábito, por favor", pediu Magufuli.

Este tipo de tragédia não é rara em África. No início de julho, no centro da Nigéria, pelo menos 45 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas quando a população saqueou um camião-cisterna acidentado, que acabou por explodir.